Brincadeiras, e como elas ajudam !!!

Oi pessoal, Foi com uma dessas brincadeiras que o Matheus conseguiu emitir a primeira palavra com sentido. E foi no 1, 2 3 eeeeeeeeeee gritávamos JÁ e saíamos de algum lugar e ele morria de rir…. Hoje, ele fala o Já depois do 3… isso já é normal *_* Achei pertinente esse texto que recebi de uma amiga muito querida, Ana Lucia Felix do Grupo Acolhe Autismo de Santos.

Cada criança tem um gosto diferente e por isso acho válido dividirmos as innformações. Matheus, por exemplo, não brincaria dentro do cesto de roupas… Boa Leitura ! 10 Brincadeiras de gente bacanas para brincar com crianças com TEA – The Hanen Centre, Adaptado do livro More than Words do Hanen.

O que são Brincadeiras de Gente?  Brincadeiras de gente são rotinas simples e repetitivas que precisam envolver pelo menos uas pessoas para serem divertidas (por exemplo, “Achou!” e Tag. Brincadeiras de gente faz o brincar com os pais mais fácil para a criança com TEA, e são uma ótima maneira de se divertir juntos e ajudar seus filho a aprender a se comunicar.

Dica importante: Brinque até o fim todas as vezes e use sempre as mesmas palavras e ações principais enquanto brinca. Assim que seu filho estiver conhecendo bem a brincadeira, você pode começar a dar umas pausas em momentos chaves e ESPERAR um resposta: quando você espera, seu filho tem uma oportunidade de participar olhando para você, tocando você, sorrindo, fazendo algum moviemtno ou mesmo dizendo alguma coisa.

Lembre-se de brincar muitas vezes a mesma brincadeira até o fim antes de começar a esperar por uma resposta!. Ideias para Brincadeiras de Gente

Parte 1: Essas ideias são para crianças que estão aprendendo a brincar com os pais e aprendendo a se comunicar através do contato visual, das ações, sons ou palavras… (Para crianças que já brincam e usam palavras e sentenças, veja a próxima parte abaixo.)

1. Almofadas: Coloque-as no chão como se fossem pedras para pisar e ajude seu filho a pular de um para outro. Diga “Pula!) logo antes de ajudá-lo a pular. Quando o seu filho conhecer bem a brincadeira, fique de frente para ele (cara a cara) e comece a esperar logo antes de ajudá-lo a pular, Dê-lhe uma chance de olhar para você, sorrir, emitir um som, ou mesmo dizer “Pula”.

2. Cesto de roupas: ponha o seu filho dentro, finja que o cesto de roupa suja é um barco e balance o cesto pra frente e pra trás, Seu filho pode , inclusive gostar que você o faça “cair” do barco. Depois que ele estiver familiarizado com a brincadeira, fique cara a cara com ele e comece a esperar logo antes de começar a balançar ou tombar o barco. Seu filho terá uma chance de olhar para você e pedir pela brincadeira tocando você, começando a balançar o barco ou mesmo dizendo uma das palavras que ouviu você dizer muitas veze.

3. Chapéu: Ponha um chapéu na sua cabeça e use sua cabeça para dar uma “trombada” na barriguinha, pé ou nas costas do seu filho. A sua “trombada” deve ser leve e divertida e dar uma chance de que ele perceba que a sua cabeça está chegando mais perto. Fale sobre o que você está fazendo, como “Vou trombar na barriga do Bruno!”. Depois que ele estiver familiarizado com a brincadeira, fique cara a cara com ele e comece a esperar logo antes da trombada. Seu filho poderá rir, empurrar sua cabeça ou mostrar ou dizer que ele quer a trombada.

4. Caixas: Ponha várias caixas de boca para cima e para baixo espalhadas pelo recinto e esconda uma coisa (pode ser um petisco) que ele gosta embaixo de uma delas. Ajude seu filho a achar a coisa e então esconda de novo! Depois de ele conhecer bem a brincadeira, esconda algo, fique cara a cara com ele e comece a esperar, segurando a caixa de boca para baixo, logo antes que ele a levante. Dê-lhe uma chance de mostrar ou dizer que levante a caixa!

5. Onde está o papai ou a mamãe?: Essa brincadeira ajudará seu filho a aprender que ele pode conseguir a atenção das outras pessoas falando seus nomes. Fique com seu filho sentado com um dos pais no sofá enquanto o outro se esconde logo na saída da sala. O pai no sofá vai chamar “Mãe” ou “Pai, conforme quem tiver se escondendo. Imediatamente a pessoa “escondida” vai pular, correr e fazer cócegas ou abraçar a criança. O mesmo adulto deve voltar e se esconder e repetir o jogo. Assim que seu filho estiver conhecendo bem a brincadeira, espere um momento imediatamente antes de chamar o nome da pessoa. Preste atenção se o seu filho faz alguma coisa para conseguir a sua atenção ou a atenção da pessoa escondida!

Parte 2: Essas ideias de Brincadeiras de gente são para crianças que conseguem brincar com suas famílias e usam palavras e sentenças.

1. Almofadas: coloque-as sobre o chão de maneira que seu filho possa pular de uma para outra como se fossem pedras de pisar. Mostre ao seu filho sobre qual almofafa ele deve pular, apontando com o dedo. Quando ele estiver familiarizado com a brincadeira, torne-a mais interessante adicionando um novo vocabulário. Por exemplo, diga alguma coisa sobre pular para uma almofada próxima ou uma “distante”.

2. Cesto de roupas: finja que o cesto é um barco, mas adicione ações diferentes: gire-o, mova-o rápido ou devagar, faça “ondas” (toalha azul) sobre as quais ele possa passar e acabe a brincadeira derrubando a criança dentro da “água”. Quando eles estiver conhecendo a brincadeira, coloque-o dentor do barco e espere que eles digam o que querem . Para a brincadeira ficar mais interessante, você pode mais tarde dar a opção de ter companheiros de barco, como os brinquedos favoritos ou ajudá-lo a fingir que nada até o sofá antes que um “tubarão” o alcance.

3. Chapéu: Ponha um chapéu na cabeça e esconda sob ele uma coisa pequena da qual a criança goste bastante . Ajude-o a adivinhar o que é (dê dicas: “é para assoar o seu nariz “) e então deixe-o tirar seu chapéu para revelar o que está escondido. Depois de conhecer bem a brincadeira, pare com a cabeça no caminho de maneira que o seu filho não possa tirar o chapéu imediatamente. Dê-lhe uma chance de dizer que está pronto para ver o que está debaixo do chapéu. Essa brincadeira pode ser divertida com colocando uma meia na sua mão ou uma luva grande no seu pé. Faça coisas inesperadas para ficar mais divertido !

4. Caixas de pessoas: Espalhe várias caixas com a boca para baixo em uma sala e esconda uma foto de um pessoa querida da família embaixo de uma delas. Diga à criança que as caixas são casas e que é necessário bater à porta e perguntar se a pessoa da foto está em casa. Leve seu filho a todas as caixas e diga “A tia Laura está aí?” antes de levantar a caixa. Depois que seu filho estiver familiarizado com a brincadeira, bata na caixa e então espere olhando com expectativa para ele. Ele pode perguntar pela pessoa que está dentro, olhar para você ou pedir que você faça a pergunta. Para diversão extra, mude a brincadeira cortando uma “porta na caixa e deixe que ele ache a foto pelo tato enfiando o braço na caixa pe la porta. Esse jogo pode ser bem legal antes de uma reunião familiar.

5. Olhe meu olhos e ache uma surpresa: essa brincadeira vai ajudar seu filho aprender que ele pode aprender muito sobre o que está pensando olhando para o seu rosto e especialmente para os seus olhos. Comece o jogo com o seu filho de olhos fechados enquanto você esconde alguns petiscos ou pequenas prendas em uma sala. Diga ao seu filho para abrir os olhos e peça que ele encontre os objetos olhando para os seus olhos. Cerifique-se de ficar em posição que seu filho pssa ver seu rosto e olhe para ele e depois para o objeto escondido. Se ele tiver dificuldade, tente apontar ao mesmo tempo que olha para o lugar.

Beijos e até mais🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

TodosSomosSemelhantes

Um pouco mais sobre a nossa vida...

Uma voz para o autismo

Um pouco mais sobre a nossa vida...

%d blogueiros gostam disto: