Nada cai do Céu !!!

Estava aqui pensando sobre muitas coisas pra falar e dividir com vcs.

A primeira dela êh que nada cai do céu !

Pra isso muito trabalho êh preciso e pra isso, precisamos estar bem. Acabei de passar por uma pneumonia e me senti completamente debilitada e ausente das coisas do matheus nesses dias. e isso me deu muito medo !!!

Já pensou se eu falto? Sim ! Tem outras pessoas que cuidam dele, mas não seria eu !!!

Primeira coisa… Precisamos nos cuidar.

Ok, eu não sei a formula magica, trabalhar fora e pensar em autismo êh punk! Mas precisamos arrumar um jeito disso se tornar real. Sair pra conversar com amigos, tirar um final de semana para descansar, cinema, dormir, chorar, qq coisa que te alivie !! Êh mais do que necessário.

Segunda coisa…. Estando em seu estado normal🙂 ou não…. Você precisara corre atras das coisas para que seu filho (a)  possa participar da vida das outras pessoas.

Pensando em casa: precisamos propiciar a eles momentos de crianças “normais” … Sim, eles tem muitas demandas o tempo todo e muita cobrança o tempo todo através de in puts para desenvolver isso, aquilo, etc.

Eles precisam desancar, acreditem! Matheus estuda o dia todo, e a noite fazia terapias. Pra gente e ora ele era muito cansativo ! Ao mudarmos a abordagem, ele passou a fazer terapia na escola enquanto esta lá. E qdo chega em casa, curte o sofá. Faz preguiça, e ficou muito mais calmo pra dormir… Ele de fato se sente “em casa” qdo chega da escola.
Uma outra coisa importante êh que temos que usar o pouco tempo que temos, pra quem trabalha fora, para aumentar e estreitar o laço com eles. Através de brincadeiras e estimulando principalmente o olhar, a atenção e a imitação. Tenho tentado fazer isso, diariamente.

Pensando na escola: No meu caso, meu filho estuda em um colégio normal. Ele não precisou ir para escola “especial”. Pelo menos ainda não. E lutaremos para que continue assim.

Meu papel principal êh ajudar as pessoas a entender suas reações e necessidades. Faço isso o tempo todo. (ontem escrevi um papel e pedi pra eles colarem na parede para todos lerem ( todos entendam as ajudantes e professoras que tem contato com ele), que dizia: Olhe sempre nos olhos dele, na sua altura, e solicite sua atenção para falar com ele. Nunca de algo para ele, se ele não pedir verbalmente através do DA. Sempre que o encontrarem irritado, chequem primeiro se ele esta confuso com alguma situação o tirando na mesma através de brincadeira com cócegas ou brincadeira que gerem uma sensação de “vou pegar vc” …  Se isso não adiantar, êh porque de fato ele esta irritado, então olhem pra ele e digam: êh normal se sentir chateado. Esta tudo bem, eu estou aqui. SEMPRE SORRINDO !!!!

Essas ações eu faço sempre… Tudo o que eu possa fazer pra ajudar ele , eu faço.

Temos feito adaptações de materiais para que a turma participe com ele. E tem feito sucesso!!

Outra coisa que deu muito certo, foi a questão de materiais que escrevi, copiei e adaptei para que as pessoas entendam o autismo, o matheus e as dificuldades que enfrentamos.

A primeira coisa que eu fiz, no ano de 2011, foi preparar um material e entregar para a escola dele (atual) para que as pessoas pudessem entender o que eu sentia, como ele se sentia e o que era o autismo. HOJE, eu escreveria outras coisas, a mais, e de outra forma, mas é assim que me sinto… cada dia aprendo mais e entendo as coisas com outros olhares…. Espero que gostem…

02 de ABRIL 2011_ultima versao_21 março

tambem fiz, com o apoio e copiando o modelo da minha amiga, Ana Lucia Felix, do grupo Acolhe Autismo (santos), um arquivo com informações de :Mais sobre mim.

Mais sobre mim_Matheus Bueno

Eu acredito que o mais importante de tudo isso, que êh a minha experiência, êh você conseguir programar a sua vida, a sua rotina, as suas necessidades dentro do que você consegue fazer. Mas precisamos ter claro que não vamos ter ganhos, evoluções se não arregaçarmos as mangas e trabalharmos. Todo filho requer cuidado e isso não tem como fugirmos…

Ao Infinito e Além !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijo carinhoso,

One response to this post.

  1. Nossa Gi, como você escreve bem!!! E como é bom a gente ler o que tem tão a ver com o que vivemos!
    Vou colocar seu link no meu blog, passa por lá depois, estou neste “universo” desde 2006 contando sobre esta jornada incrível que é o Autismo e seus desafios.
    Um super beijo, com carinho e admiração,

    Cris ou Fausta Cristina – mãe da Milena

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

TodosSomosSemelhantes

Um pouco mais sobre a nossa vida...

Uma voz para o autismo

Um pouco mais sobre a nossa vida...

%d blogueiros gostam disto: