O Papel mágico das Novas Experiências!

Vamos falar um pouco hoje sobre a importância da família !

Escuto muitas famílias, mães e pais, dizendo que já que as crianças estão em terapia, os profissionais vão ajuda-lo. Sinto informar, mas estão completamente enganados!

A maior responsabilidade de ajudar essas crianças crescerem e se desenvolver é da FAMÍLIA! Os profissionais podem passar 1 ou 2 horas por dia em terapia com nossos filhos, ensinando, orientando e até mesmo ajudando-os a crescer. Não estou dizendo que eles não precisam de apoio profissional. ELES PRECISAM !!! Nós também precisamos, mas esse apoio precisa ser parte da intervenção na vida deles.

Eu ainda me sinto em dívida com o Matheus. Queria fazer mais, MUITO mais atividades com ele, mas o trabalho não permite que eu faça tudo o que desejo. Mesmo assim, nos tempos que temos livre, procuro ajuda-lo a ter NOVAS EXPERIENCIAS.

Em todas as palestras ou cursos que fiz até hoje, o ponto principal para se trabalhar com o sistema sensorial, as birras estão voltado para a nova experiência.

Nós também somos assim, me lembro da sensação estranha que sentia no momento em que estava indo para o hospital ter o Matheus. Era uma sensação tão estranha….um sentimento que ainda não tinha sentido…um medo misturado com alegria, prazer misturado com quero fugir daqui.  E no final, foi bom, prazeroso, maravilhoso vivenciar aquela situação.

Com certeza, esse é o sentimento que eles sentem quando precisam passar por uma situação que ainda não conhecem.

No caso do meu filho, ele tem muitos traumas armazenados. Como faço hoje para que isso se reverta pra uma situação prazerosa? Primeiro que percebemos que ele precisa, PRECISA, de medicação. E isso foi um grande passo pra gente. Aceitar isso. Os medicamentos que eles precisam tomar, no meu caso, antipsicoticos, tem N efeitos colaterais. Arruma uma coisa e atrapalha outra. Esses remédios, ajudam a encapsular o sistema límbico e “mascarar” os traumas causados.

Mas é preciso avaliar, junto com o Neuropediatra do seu filho, e colocar na balança os ganhos versus os problemas gerados e, se necessário, trocar a medicação. Essa é a minha fase atual. Precisaremos trocar o remédio, pois o que ele tomava estava engordando muito. Voltando aos traumas…

Matheus tem muita situação que passou antes de tomar o remédio e que hoje precisa vivenciar de novo, para entender que não é um problema ou uma situação ruim, apenas um novo aprendizado. Hoje, posso garantir que ele se permite vivenciar coisas novas e no meu ponto de vista, aí entra o papel fundamental da família.

Tenho que confessar que é cansativo e muito mais cômodo ficar em casa com eles, que estão no seu local de conforto e não se sentem confusos ou incomodados.

Portanto, minha dica de hoje é: VIVENCIE COISAS NOVAS COM SEU FILHO.

  • Vá a festas de aniversario, mesmo que seja pra ficar apenas 30 min.
  • Vá a locais onde existem coisas que chamem a atenção do seu filho e tem outras pessoas que possam interagir com ele.
  • Arrisque-se.

Temos vivido ótimos momentos com o Matheus e a prova disso são os ganhos que ele tem mostrado pra gente. Ganhos que valem ouro, como fazer amizades, ouvir e dançar músicas novas, participar mais das aulas com os amigos, ir à parques aquáticos, e muitas outras coisas boas !

Não podia terminar de outra forma…..

AO INFINITO E ALÉM  !!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

TodosSomosSemelhantes

Um pouco mais sobre a nossa vida...

Uma voz para o autismo

Um pouco mais sobre a nossa vida...

%d blogueiros gostam disto: